Cidade

a gosto

Tinta por uma linha. A quarta crónica de Francisco Mouta Rúbio, acompanhada pela ilustração do artista Dualgo. Termina a altura do ano em que vivo preocupado. Agosto. Acordo na Penha com um despertar de aldeia sem o galo a cantar, apenas um leve murmurar de um pneu ao...

O eléctrico vinte e oito

Decidi apanhá-lo. Ao 28. Trata-se de uma expedição de que sempre gosto e que há muito não fazia. Deixo o meu carro na Graça, dirijo-me à paragem, pergunto delicadamente a um senhor de certa idade se dali os eléctricos vão até à Estrela. Que sim senhor, mas olhe, tenha...

Porque participam tão pouco os cidadãos de Lisboa?

O fundador da associação de moradores Vizinhos de Lisboa, iniciada no Areeiro e entretanto replicada em grupos de várias freguesias e bairros da cidade, reflecte sobre as causas do aparente desinteresse de muita gente em participar no debate sobre os destinos da sua...

Pin It on Pinterest