Perspectiva 4

A fotografia, uma revelação

Fotografias: Carlos Reis Passei anos a fotografar “da velha maneira”. Tenho-lhe saudades e gostava que isso continuasse, especialmente no preto e branco. Custou-me a habituar a esta “marmelada electrónica”. Como alguém disse uma vez, uma amiga que também gosta de...

A “hora parada”: passeando na Lisboa de Botelho

"Ramalhete de Lisboa", Carlos Botelho, 1935 Apesar de confessar não pretender ser erudito, o leitor Vítor Oliveira Jorge entrega-nos mais um texto pleno de conhecimento e de sensibilidade. Desta feita, e já depois de nos ter lembrado a grandeza da obra do pintor...

Carta à minha Senhoria

Tinta por uma linha. A sexta crónica de Francisco Mouta Rúbio, acompanhada pela ilustração do artista Dualgo. Estimada Senhoria, Escrevo-lhe apenas para gravar uma quantas memórias deste oriente cada vez mais central. Começo por agradecer-lhe o magro aumento de renda...

O eléctrico vinte e oito

Decidi apanhá-lo. Ao 28. Trata-se de uma expedição de que sempre gosto e que há muito não fazia. Deixo o meu carro na Graça, dirijo-me à paragem, pergunto delicadamente a um senhor de certa idade se dali os eléctricos vão até à Estrela. Que sim senhor, mas olhe, tenha...

Pin It on Pinterest