Uma digressão fotográfica pela regressada Feira da Luz

Autor

Paula Ferreira
12 de Setembro, 2022
A pandemia interrompeu-lhe a realização nos dois últimos anos, mas ela está de volta. Cumprindo uma tradição iniciada no século XV, a Feira da Luz regressou este ano, em toda a sua variedade e alegria. Iniciada a 27 de Agosto e decorrendo até 25 de Setembro, conta com as habituais barraquinhas de comes e bebes, divertimentos vários e a venda de produtos diversos, bem como com uma preenchida programação musical. Nela se aliam a diversão e o consumo profanos a uma ténue memória religiosa, alicerçada na secular celebração de uma romaria ao Santuário da Nossa Senhora da Luz. Única pela sua dimensão e pela sua duração – quase um mês - em comemorações do género na cidade de Lisboa, funciona como uma espécie de evocação de uma perene matiz de ruralidade a que os citadinos se permitem entregar de tempos a tempos. Mais que tudo, a festa realizada no Largo da Luz, sob a chancela da Junta de Freguesia de Carnide, é um momento de verve popular marcado pela descontracção. A fotógrafa Paula Ferreira foi até lá.

Pin It on Pinterest